Os novos deputados estaduais.


Vejam a renovação da assembléia do Estado de Minas Gerais.

Anselmo José Gomes Domingos (PTC), vereador e advogado, natural de Campos Altos-MG, 50 anos
Assume em 2011 seu primeiro mandato na Assembleia Legislativa de Minas Gerais. É vereador em Belo Horizonte, eleito em 2004 e 2008. É o atual secretário-geral da Câmara Municipal. Desde 2002, é presidente estadual do PTC. Começou na vida política no movimento estudantil, tornando-se também assessor do pai, o ex-vereador Doutor José Domingos, que exerceu cinco mandatos consecutivos na Câmara de Belo Horizonte. É formado em Direito.


Bosco (PT do B), produtor agropecuário e bacharel em Direito, natural de Araxá-MG, 44 anos
Assume em 2011 seu primeiro mandato na Assembleia Legislativa de Minas Gerais. É produtor agropecuário e bacharel em Direito. Exerceu quatro mandatos consecutivos como vereador na Câmara Municipal de Araxá (1992-2008). Em 1998, foi presidente da Câmara de Araxá. Foi candidato a prefeito municipal de Araxá nas eleições de 2008.  

Bruno Siqueira (PMDB), engenheiro e vereador, natural de Juiz de Fora-MG, 36 anos
Bruno de Freitas Siqueira assume em 2011 seu primeiro mandato na Assembleia Legislativa de Minas Gerais. Bruno Siqueira está em seu terceiro mandato consecutivo na Câmara Municipal de Juiz de Fora (Zona da Mata). Foi eleito pela primeira vez em 2000. Em 2008, obteve 6.483 votos, maior votação da história da cidade. Foi também presidente da Câmara. Formou-se em Engenharia Civil na Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF). Na Fundação Dom Cabral, em Belo Horizonte, cursou pós-graduação em Engenharia Econômica e participou do Conselho Estadual da Juventude. É filho de Marcello Siqueira, ex-deputado federal (2003-2007) e ex-presidente da Copasa.

Carlos Henrique (PRB), vereador e pastor evangélico, natural do Rio de Janeiro-RJ, 40 anos
Carlos Henrique Alves da Silva assume em 2011 seu primeiro mandato na Assembleia Legislativa de Minas Gerais. É vereador em Belo Horizonte pelo terceiro mandato consecutivo, eleito em 2000, 2004 e 2008. É pastor da Igreja Universal do Reino de Deus e atua como missionário há duas décadas. Além do Brasil, trabalhou em Portugal e na África, como religioso. Ocupou a 1º Secretaria e a Corregedoria da Câmara e é seu atual vice-presidente da Comissão de Legislação e Justiça.

 
 

Cássio Soares (PRTB), economista, natural de Passos-MG, 29 anos
Cássio Antônio Ferreira Soares assume em 2011 seu primeiro mandato na Assembleia Legislativa de Minas Gerais. Economista formado pelo Centro Universitário Unifacef de Franca (SP), concluiu também o Programa de Desenvolvimento de Gestores Públicos da Fundação Dom Cabral (2008). Entre 2007 e 2010, integrou o Governo Aécio Neves como subsecretário de Estado da Defesa Social, na área de Inovação e Logística, e chefe de gabinete da mesma secretaria. Antes disso, na área política, foi assessor parlamentar na Câmara Municipal de Passos (Sudoeste de Minas) e presidente do PFL Jovem. Desde a adolescência, participou de grupos de jovens e outros movimentos sociais.

Celinho do Sinttrocel (PcdoB), auxiliar de escritório, natural de Timóteo-MG, 50 anos
José Célio de Alvarenga assume em 2011 seu primeiro mandato na Assembleia Legislativa de Minas Gerais. É presidente licenciado do Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários de Coronel Fabriciano (Sinttrocel), secretário-geral da Federação dos Trabalhadores em Transportes de Minas Gerais (Fettrominas), diretor da Confederação Nacional dos Trabalhadores em Transportes Terrestres (CNTTT) e da Nova Central Sindical dos Trabalhadores, e diretor social da Associação Gestora de Benefícios Sociais dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários (Astromig). Candidatou-se pela primeira vez a uma vaga na Assembleia Legislativa em 2006, pelo PDT. Em 2008, foi candidato a prefeito de Coronel Fabriciano (Rio Doce).

 
 

Dr. Wilson Batista (PSL), médico, natural de São João del Rei-MG, 41 anos
Wilson Roberto Batista assume em 2011 seu primeiro mandato na Assembleia Legislativa de Minas Gerais. É médico-cirurgião da Fundação Cristiano Varella e Diretor Cientifico da Sociedade Médica de Muriaé. Coordena o Departamento de Cirurgia Oncológica do Hospital do Câncer de Muriaé, vinculado à Fundação Cristiano Varella. É especializado em cirurgia oncológica e mastologia, atuando principalmente nos seguintes temas: câncer de mama, reconstrução mamaria, câncer do aparelho digestivo, cirurgia oncológica e neoplasias cutâneas. É doutorando em Medicina Interna e Terapêutica pela Universidade Federal de São Paulo (Unifesp).

Duílio de Castro (PMN), vereador e comerciante, natural de Papagaios-MG, 47 anos
Assume em 2011 seu primeiro mandato na Assembleia Legislativa de Minas Gerais. Teve 19.699 votos como candidato a deputado estadual, em 2006. Exerce o terceiro mandato como vereador da Câmara Municipal de Sete Lagoas, da qual é o atual presidente. É comerciante e sua atuação política é voltada para área social. Autor do anteprojeto de lei que criou o transporte alternativo na cidade, mereceu destaque de atuação do Instituto de Estudo e Pesquisa de Administração Pública (IEPAP). É formado em Eletrônica e Eletrotécnica e atualmente cursa o 8º período de Administração. 

Elismar Prado (PT), deputado federal, sociólogo e músico, natural de Uberlândia-MG, 38 anos
Elismar Fernandes Prado assume em 2011 seu primeiro mandato na Assembleia Legislativa de Minas Gerais. Deputado federal em seu primeiro mandato (2007-2011), foi vice-líder do PT na Câmara de Deputados. Iniciou sua carreira política no movimento estudantil de Uberlândia (Triângulo Mineiro). Foi diretor do Diretório Central dos Estudantes da Universidade Federal de Uberlândia (1998), onde se formou como sociólogo e músico. Também integrou a direção da União Nacional dos Estudantes (2003). Em 2004, foi o vereador mais votado de Uberlândia, tornando-se presidente da Comissão de Educação na Câmara Municipal. Antes disso, em 2001, coordenou o Orçamento Participativo Jovem, implantado pela Secretaria Municipal do Orçamento Participativo de Uberlândia. Desde 2002, é membro do Diretório Municipal do PT, tendo sido eleito para a Executiva Municipal do partido em 2005. É irmão do deputado estadual Weliton Prado (PT), integrante da 16ª Legislatura (2007-2011).

Fabiano Tolentino (PRTB), vereador, natural de Belo Horizonte-MG, 36 anos
Assume em 2011 seu primeiro mandato na Assembleia Legislativa de Minas Gerais. É bacharel em Direito. Atualmente exerce o seu primeiro mandato como vereador em Divinópolis (Centro-Oeste). Desde 2009, ele foi autor de 288 proposições na Câmara Municipal, entre projetos de lei e de resolução, e foi relator de 154 proposições. 

Fábio Cherem (PSL), empresário, natural de Lavras-MG, 42 anos
Assume em 2011 seu primeiro mandato na Assembleia Legislativa de Minas Gerais. É formado em Engenharia Civil na UFMG. É fundador e proprietário da Construtora Cherem Ltda., que atua em diversos estados, sobretudo em Minas Gerais. Candidatou-se a prefeito de Lavras (Sul de Minas) em 2008. Obteve quase 17 mil votos, mas não foi eleito.

Fred Costa (PHS), vereador, natural de Belo Horizonte-MG, 33 anos
Assume em 2011 seu primeiro mandato na Assembleia Legislativa de Minas Gerais. É vereador em Belo Horizonte, em seu segundo mandato. Foi eleito pela primeira vez em 2004, aos 26 anos, obtendo 4.244 votos. Em 2008, foi reeleito com 12.183 votos. Foi presidente da Comissão de Saúde e Saneamento da Câmara Municipal. Católico, filho de funcionário público, atuou desde muito jovem em movimentos sociais e na área pública. Esteve à frente da presidência da Associação de Moradores do Bairro Santa Lúcia durante sete anos. Foi membro do 1º Conselho Municipal da Juventude do Diretório Acadêmico de Direito do UNI- BH e colaborador da OAB Jovem.

Gustavo Perrella (PDT), empresário, natural de Belo Horizonte, 27 anos
Gustavo Henrique Perrella Amaral Costa assume, em 2011, seu primeiro mandato na Assembleia Legislativa de Minas Gerais. Formado em Administração de Empresas, Gustavo Perrella é empresário dos setores de transporte e agropecuária e vice-presidente do Cruzeiro Esporte Clube. Como superintendente de gestão estratégica do clube esportivo criou a Confraria Celeste, que possui mais de 50 mil membros em Minas Gerais e que desenvolve eventos e projetos esportivos de grande alcance social. Seu pai, Zezé Perrella, é presidente do Cruzeiro e deputado estadual na 16ª legislatura (2007-2011), além de ter sido deputado federal entre 1999 e 2003.

Hélio Gomes (PSL), empresário, natural de Muriaé, 58 anos
Hélio Gomes Alves assume em 2011 seu primeiro mandato na Assembleia Legislativa de Minas Gerais. Proprietário do Grupo Hélio Gomes, sediado em Governador Valadares (Rio Doce). O grupo é formado por uma rede de postos de combustíveis que funciona desde 1984 e tem unidades nas regiões do Rio Doce e Norte, em Minas Gerais, e na Bahia. Além disso, as empresas atuam na administração de cartões e convênios, medicina do trabalho, utilidades domésticas, móveis e transporte, em negócios espalhados por mais de dez estados. Hélio Gomes nasceu em Muriaé, mas mudou-se para Valadares durante a adolescência. No município, trabalhou nos ramos farmacêutico e bancário, antes de estabelecer-se como empresário.

João Vítor Xavier da Itatiaia (PRP), vereador e radialista, natural de Belo Horizonte-MG, 28 anos
João Vítor Xavier Faustino assume em 2011 seu primeiro mandato na Assembleia Legislativa de Minas Gerais. É vereador em Belo Horizonte, eleito em 2008 para seu primeiro mandato. Na Cãmara, é presidente da Frente Parlamentar do Idoso e, desde março de 2010, vice-líder do Governo. Formado no Centro Universitário de Belo Horizonte (Uni-BH), o jornalista João Vítor Xavier integra a equipe de esportes da Rádio Itatiaia desde 2000. Começou como repórter e há sete anos apresenta o Programa Bastidores. Em 2004, participou da cobertura das Olimpíadas na Grécia; em 2006 da Copa do Mundo de Futebol na Alemanha; em 2007, dos Jogos Pan-americanos do Rio de Janeiro e, em 2009, da Copa das Confederações na África do Sul.

Lerin (PSB), vereador, natural de Uberaba-MG, 42 anos
Assume em 2011 seu primeiro mandato na Assembleia Legislativa de Minas Gerais. Está em seu terceiro mandato de vereador em Uberaba (Triângulo Mineiro) e é o atual 2º-secretário da Câmara Municipal. É comerciante e presidente de honra da escola de Samba “Bambas do Fabrício”, além de diretor da Associação de Supermercadistas de Uberaba. No início de sua vida profissional, foi vendedor de picolé, engraxate e guarda-mirim.
 

Liza Prado (PSB), vereadora, natural de Uberlândia-MG, 47 anos
Liza Fernandes Prado assume em 2011 seu primeiro mandato na Assembleia Legislativa de Minas Gerais. Liza Prado é vereadora em Uberlândia (Triângulo Mineiro), em seu quarto mandato. Foi eleita pela primeira vez em 1992, sendo reeleita quatro anos depois. Em duas outras ocasiões, obteve a maior votação para o cargo: 12 mil votos em 2000 e mais de 9 mil em 2008. É graduada em Direito, com especialização em Direito Público e Direitos Difusos e Coletivos. Coordenou a Superintendência de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon) de Uberlândia por quase quatro anos, implementando o projeto “Educação para o Consumo”, para que todas as pessoas pudessem ter acesso aos serviços do órgão. Atualmente, a vereadora está à frente da Associação de Defesa do Consumidor de Uberlândia (Adec).

Luiz Henrique (PSDB), servidor público estadual, natural de Diamantina-MG, 50 anos
Formado na Faculdade Federal de Odontologia de Diamantina, em 1982, especializou-se em Saúde Pública, Sociologia e Periodontia e tem mestrado em Inteligência Competitiva pela Universidade de Toulon (França). No Governo Aécio Neves, foi assessor da Secretaria Extraordinária para o Desenvolvimento dos Vales do Jequitinhonha, do Mucuri e do Norte de Minas (Sedvan) e do Instituto de Desenvolvimento do Norte e Nordeste de Minas Gerais (Idene). Nessa função, coordenou programas como o “Sorriso no Campo”, de assistência odontológica, e “Leite pela Vida”, de distribuição gratuita de leite e fortalecimento da agricultura familiar, vinculado ao programa Fome Zero. É casado com a deputada estadual Elbe Brandão, que integra a 16ª Legislatura (2007-2011) e secretária de Estado nos governos de Aécio Neves e Antonio Anastasia.

Luzia Ferreira (PPS), vereadora, natural de Perdigão-MG, 59 anos
Luzia Maria Ferreira assume em 2011 seu primeiro mandato na Assembleia Legislativa de Minas Gerais. É a atual presidente da Câmara Municipal de Belo Horizonte e a primeira mulher a ocupar o cargo. Está em seu segundo mandato no Legislativo municipal. É coordenadora do Fórum Nacional de Presidentes de Câmaras de Capitais do Brasil. Foi administradora das Regionais Oeste e Venda Nova durante o primeiro governo do prefeito Célio de Castro (1997-2000) e, em 2001, esteve à frente da Regional Nordeste. Participou da Secretaria Executiva do Conselho Estadual da Mulher e do Conselho Municipal dos Direitos da Mulher, em 1996 e 1997. Bióloga formada pela UFMG, é pós-graduada em Administração Pública pela Fundação João Pinheiro. Em 1979, iniciou sua carreira no magistério, como professora de Ciências no Colégio Vera Cruz, destacando-se na primeira greve dos professores da rede municipal e particular após o golpe de 1964. O movimento resultou na criação do Sind-Ute e na retomada do sindicato dos professores da rede particular de ensino.

Marques (PTB), técnico em desporto, natural de Guarulhos-SP, 37 anos
Marques Batista de Abreu assume em 2011 seu primeiro mandato na Assembleia Legislativa de Minas Gerais. Marques foi jogador de futebol e se tornou conhecido em Minas Gerais por ter sido atacante do Clube Atlético Mineiro em 1997, 2005 e 2010, quando se aposentou. O atleta começou sua carreira no Corinthians, em 1992, jogando depois pelo Flamengo (1996), São Paulo (1997) e Vasco da Gama (2003). No exterior, pertenceu aos quadros dos clubes japoneses Nagoya Grampus (2004) e Yokohama Marinos (2006). É cidadão honorário de Minas Gerais, título concedido pela Assembleia Legislativa do Estado em junho de 2010.

Mourão (PSDB), advogado, natural de Sabinópolis-MG, 70 anos
José Bonifácio Mourão assume em 2011 seu quinto mandato na Assembleia Legislativa de Minas Gerais. Bonifácio Mourão foi prefeito do município de Governador Valadares (Rio Doce) por três vezes, sendo o seu primeiro mandato no período de 26/3/1983 a 22/4/1986. Em seguida, foi eleito deputado estadual constituinte pelo PMDB (1987-1991), tendo sido relator do projeto da nova Constituição do Estado. Reeleito deputado estadual por três vezes (1990, 1994 e 2002), renunciou em dezembro de 1996 e em janeiro de 2005 para tomar posse como prefeito de Valadares por mais duas gestões (1997-2000 e 2005-2008). Sua última função na área pública foi a de subsecretário de Estado de Obras Públicas nas gestões de Aécio Neves e Antonio Anastasia (2009-2010). É formado em Direito pela UFMG (1967), onde também concluiu doutorado. Advogou até 1982, quando iniciou carreira política como vice-prefeito de Valadares.

Neilando Pimenta (PHS), advogado, natural de Teófilo Otoni-MG, 43 anos
Assume em 2011 seu primeiro mandato na Assembleia Legislativa de Minas Gerais. Advogado, é doutorando em Ciências Jurídicas e Sociais. Foi tesoureiro da 29ª Subseção da Ordem dos Advogados do Brasil. Prestou serviços de consultoria jurídica a prefeituras e câmara municipais de diversas cidades dos vales do Mucuri e do Jequitinhonha. De 2001 a 2004, foi secretário municipal de Ação Social e Habitação de Teófilo Otoni. É fundador da Unipac de Teófilo Otoni, que oferece 30 cursos de graduação e 15 cursos de pós-graduação.

Paulo Lamac (PT), vereador, professor e engenheiro, natural de Belo Horizonte-MG, 38 anos
Paulo Roberto Lamac Júnior assume em 2011 seu primeiro mandato na Assembleia Legislativa de Minas Gerais. Vereador em seu segundo mandato na Câmara Municipal de Belo Horizonte, foi vice-líder do então prefeito Fernando Pimentel, em 2007. Em 2008, ano em que foi reeleito para novo mandato no Legislativo municipal, foi também escolhido secretário geral do Conselho Municipal de Educação. Mais recentemente, tornou-se líder do prefeito Márcio Lacerda na Câmara. Engenheiro graduado pela UFMG e pós-graduado em marketing pela Fundação Getúlio Vargas, é professor e um dos fundadores da Associação Pré-UFMG, instituição sem fins lucrativos que facilita o acesso de estudantes de baixa renda às universidades públicas.

Pompílio de Lourdes Canavez (PT), bancário aposentado, natural de São João del Rei-MG, 55 anos
Assume em 2011 seu primeiro mandato na Assembleia Legislativa de Minas Gerais. Foi eleito prefeito de Alfenas (Sul de Minas) em 2004 e reeleito em 2008. Deixou o cargo em março de 2010 para disputar a eleição para deputado estadual. Iniciou sua carreira política no movimento sindical. Foi presidente do Sindicato dos Bancários de Belo Horizonte entre 1996 e 1999.

Rogério Correia (PT), professor e dirigente partidário, natural de Belo Horizonte-MG, 52 anos
Assume em 2011 seu terceiro mandato na Assembleia Legislativa de Minas Gerais. Anteriormente, foi deputado estadual em duas legislaturas (1999-2003 e 2003-2007) e vereador em Belo Horizonte por três mandatos (1989-1993, 1994-1997 e 1997-1999). Na Assembleia Legislativa de Minas Gerais foi relator da CPI do Narcotráfico e presidente da Comissão Especial da Prostituição Infantil. Foi ainda o idealizador da Lei Pró-Pequi, pela criação de uma política de incentivo à comercialização, ao cultivo e ao consumo do pequi e seus derivados. Após deixar a ALMG, foi delegado regional do Ministério de Desenvolvimento Agrário (MDA) entre julho de 2007 e junho de 2010, tornando-se em seguida secretário de Movimentos Populares do PT. Professor de matemática e física, é fundador do Sindicato Único dos Trabalhadores da Educação (Sind-UTE) e do PT. Integrou a primeira Executiva da Central Única dos Trabalhadores.

Rômulo Viegas (PSDB), professor de ensino superior, natural de São João del Rei-MG, 56 anos
Assume, em 2011, seu primeiro mandato na Assembleia Legislativa de Minas Gerais. Professor da Universidade Federal de São João del Rei, Rômulo Viegas iniciou sua carreira política como vereador naquela cidade, entre 1982 e 1988. Foi presidente da Câmara de Vereadores de São João del Rei em 1985 e 1986. Foi também prefeito do município (1989-92). No primeiro mandato do governador Aécio Neves, foi subsecretário do Trabalho e Ação Social e presidente do Conselho estadual de Assistência Social (2003-04). Em 2006, obteve 38 mil votos para deputado estadual, mas não se elegeu. No ano seguinte, assumiu a Subsecretaria de Desenvolvimento Regional e Urbano na segunda gestão do governador Aécio Neves, onde permaneceu até fevereiro de 2010, quando se desincompatibilizou para voltar à disputa eleitoral.

Tadeuzinho (PMDB), estudante, natural de Montes Claros-MG, 24 anos
Luiz Tadeu Martins Leite assume em 2011 seu primeiro mandato na Assembleia Legislativa de Minas Gerais. Luiz Tadeu Martins Leite cursa o último período de Direito. É um dos criadores do time de vôlei BMG Montes Claros, que tem títulos de campeão mineiro e vice-campeão brasileiro. Segue a trajetória política do pai, Luiz Tadeu Leite, que está hoje em seu terceiro mandato como prefeito de Montes Claros, além de ter exercido mandatos na Câmara de Deputados (1991-1992) e na Assembleia Legislativa de Minas Gerais (1999-2002 e 2007-2008).

Ulysses Gomes (PT), assessor parlamentar, natural de Itajubá-MG, 33 anos
Assume em 2011 seu primeiro mandato na Assembleia Legislativa de Minas Gerais. Foi metalúrgico formado pelo Senai. É formado em Administração pública. Foi vereador em Itajubá (Sul de Minas), entre 2002 e 2004, e chefe de gabinete do deputado federal Odair Cunha, em Brasília, a partir de 2005. Foi também coordenador diocesano da Pastoral da Juventude da Arquidiocese de Pouso Alegre (1999), fundador do Diretório Central dos Estudantes da Fundação de Ensino e Pesquisa de Itajubá, e membro da Coordenação da Frente Estadual dos Direitos da Criança e do Adolescente (2000). Foi eleito presidente do PT de Itajubá em 2007.

fonte: http://www2.almg.gov.br/hotsites/2010/eleicoes/novos.html